Caminhos

 

Poemas e Prosa



Perfil

[ Em  16  de  agosto  de  2020:  Atualizado. Nova atualização  em  breve.  Aguarde . . . ]

Sou Francisca Miriam Aires Fernandes. Piauiense. Casada. Mãe. Avó. Aposentada da Delegacia Regional do Trabalho, no Piauí. Residente em Teresina. Autora dos seguintes livros publicados: Caminhos; Caminhos Ainda; Caminhos Mais; Correspondências de A. Tito Filho para Francisca Miriam; Jéssica, Minha Neta; e Mensagens para A. Tito Filho, além de Tópicos Emocionais (livro integrante da obra Passarela de Escritores); Algumas emoções, dentre tantas, que puderam ser registradas a respeito do meu neto Victor Hugo; Poemas Sem Título Para Maria Miracir Aires de Carvalho; Safra Poética e de mais livros para publicar:  Francisca, a Francisca; e Coletâneas (Jéssica e Márcio, Meus Netos).

* * * * * * * * * * * * *

( Da Wikipédia : )


Francisca Miriam Aires Fernandes (Teresina - Piauí, 14 de junho de 1940) é uma poetisa e escritora brasileira. De temática fortemente influenciada pela religiosidade, suas obras também vislumbram aspectos ligados ao mundo sensível, como as transformações físicas do ser e do universo infantil feminino, a sensualidade da mulher, os prazeres da natureza e a dicotomia cidade-campo, além de ressaltarem a perspectiva ecológica, como uma das vozes pioneiras neste tema nas letras piauienses, com poemas de teor ligado às preocupações quanto ao meio ambiente publicados desde a década de 1980.

Biografia

Nascida na capital piauiense (Teresina), residiu com a família nos lugares Alfanjas e Sítio Santo Antônio, município de Valença, também no Piauí, locais em que teve contato direto com a natureza, retratada em vários de seus poemas e obras literárias. Seus familiares fixaram residência em Teresina em 1956. Formou-se em contabilidade a nível médio (antigo 2° grau). É servidora aposentada da Delegacia Regional do Trabalho, no Piauí. Membro da União Brasileira de Escritores do Piauí (UBE/PI).[1]

Publicou “Caminhos”; “Caminhos Ainda” e “Caminhos Mais” (poemas); “Correspondências de A. Tito Filho para Francisca Miriam”; “Jéssica, Minha Neta” e “Mensagens para A. Tito Filho”. Participou de várias antologias, dentre as quais: Nova Poesia Brasileira (edições de 1987 e 1988 – Shogun Editora e Arte); Poesia em Oração (edição 1988 – Crisalis Editora); Antologia Sonora (1ª e 2ª edições – Golden Music), além de ter publicado vários poemas e artigos no jornal “O Dia”, do estado do Piauí.[2]

Obras

* Caminhos (Poesia)
* Caminhos Ainda (Poesia)
* Caminhos Mais (Poesia)
* Correspondências de A. Tito Filho Para Francisca Miriam
* Jéssica, Minha Neta
* Mensagens Para A. Tito Filho
* Tópicos Emocionais
* Algumas emoções, dentre tantas, que puderam ser registradas a respeito do meu neto Victor Hugo[3]
* Poemas Sem Título Para Maria Miracir Aires de Carvalho[4]


Referências

1. Adrião Neto. Dicionário Biográfico Escritores Piauienses de Todos os Tempos; Teresina, Halley S.A., 1995 (página 108).
2. Adrião Neto e Rego Filho, Antenor. Passarela de Escritores. Teresina, PI – Edições Jacurutu – 1997 (página 58).
3. http://www.overmundo.com.br/perfis/francisca-miriam
4. http://www.overmundo.com.br/perfis/francisca-miriam


* * * * * * * * * * * * *

                   

 
Site do Escritor criado por Recanto das Letras